Trabalho de Graduação Integrado
Documento
Autoria
Unidade da USP
Data de Apresentação
Orientador
Banca
Barrozo, Ligia Vizeu (Presidente)
Machado, Reinaldo Paul Pérez
Morato, Rubia Gomes
Título em Português
Associação entre o ambiente construído e o risco relativo de morte por acidente vascular cerebral na área de abrangência do Hospital Universitário da Universidade de São Paulo
Palavras-chave em Português
Walkability Index
Acidente vascular cerebral
Correlação
Ambiente construído
Resumo em Português
A análise da distribuição espacial de doenças é importante para entender e planejar políticas públicas que visem o controle das mesmas. No que tange o Acidente Vascular Cerebral diversos estudos aplicando as mais variáveis metodologias já foram feitos no Brasil e em outros Países. A incorporação de novas metodologias auxilia a refinar o método de pesquisa cada vez mais. Neste trabalho, propomos estabelecer a correlação entre o índice de walkability com o risco relativo de morte por AVC na área que compreende os distritos do Butantã, Jaguaré, Vila Sônia, Raposo Tavares, Rio Pequeno e Morumbi. Para tal fim foi utilizado o método de cálculo de walkability utilizado por Frank (2005), que utiliza variáveis de Uso do Solo, Conectividade das Ruas e Densidade da Rede Residencial. O risco relativo foi obtido a partir dos dados do Programa de Aprimoramento de Informação sobre Mortalidade (PRO-AIM) para os anos entre 2006 e 2009. A correlação encontrada foi pequena, porém significante, o que mostra que o método utilizado pode contribuir para estudos que envolvam o transporte ativo (caminhada) como fator de risco e a compreensão da influência do ambiente construído na saúde da população.
Título em Inglês
Association between the built environment and the relative risk of death by stroke in the scope area of the University Hospital of the University of São Paulo
Palavras-chave em Inglês
Walkability Index
Stroke
Correlation
Built environment
Resumo em Inglês
The analysis of the spatial distribution of diseases is important for understanding and planning public policies aimed at controlling them. Regarding Stroke several studies applying the most variable methodologies have already been done in Brazil and other countries. The incorporation of new methodologies helps to refine the research method. In this study, we propose to establish the correlation between the walkability index and the relative risk of death from stroke in the area comprising Butantã, Jaguaré, Vila Sônia, Raposo Tavares, Rio Pequeno and Morumbi districts. For this purpose, the method of calculation of walkability used by Frank (2005), which uses variables of Land Use, Street Connectivity and Residential Network Density was used. The relative risk was obtained from data from the Programa de Aprimoramento de Informação sobre Mortalidade (PRO-AIM) for the years 2006 to 2009. The correlation was small but significant, which shows that the method used can contribute to studies involving active transport (walking) as a risk factor and an understanding of the influence of the built environment on the health of the population.
Arquivos
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome(s) do(s) autor(es) do trabalho.
 
Data de Publicação
2017-06-26
Número de visitas
86
Número de downloads
73
Copyright © 2010 Biblioteca Digital de Trabalhos Acadêmicos da USP. Todos os direitos reservados.