Trabalho de Graduação Integrado
Documento
Autoria
Unidade da USP
Data de Apresentação
Orientador
Banca
Valverde, Rodrigo Ramos Hospodar Felippe
Contel, Fabio Betioli
Título em Português
Circuito espacial de produção de automóveis e uso corporativo do território: a topologia da Toyota no Estado de São Paulo
Palavras-chave em Português
Circuito espacial de produção de automóveis
Topologia da Toyota
Produtividade espacial
Fluidez territorial
Uso corporativo do território
Resumo em Português
O avanço do capitalismo cria condições para a especialização produtiva dos lugares e um consequente aprofundamento da divisão territorial do trabalho. As instâncias produtivas tornam-se geograficamente mais dispersas, fazendo da circulação tão importante quanto as condições de produção. Deste modo, observa-se a ampliação da base material responsável por garantir fluidez territorial e a construção de uma densidade normativa capaz de aumentar a produtividade espacial. Nesse contexto, o presente trabalho discute o circuito espacial de produção de automóveis no Brasil desde a sua formação no início do século XX ao alargamento da área de concentração do circuito no século XXI. Em relação com o circuito, estuda-se o uso do território pela empresa japonesa Toyota, já que a conformação dos principais pontos de sua atual topologia coincide com os grandes planos do governo federal para o incremento no número de investimentos ligados à indústria automotiva. Assim, pretende-se articular a inauguração de unidades fabris da montadora com o contexto histórico e político nacional. Junto do governo de Juscelino Kubitschek apresenta-se a inauguração da fábrica da Toyota de São Bernardo do Campo; durante a década de 1990 demonstramos o processo de interiorização da produção da empresa por meio da instalação da unidade de Indaiatuba; por último, durante os anos 2000 mostra-se a inserção da montadora no segmento dos carros populares junto da gênese da fábrica de Sorocaba. Estudaremos o processo de escolha locacional da empresa e como essas áreas de interesse sofrem transformações e são submetidas a ordens e lógicas globais e completamente alheias ao lugar
Título em Inglês
Productive spatial circuit of automobiles and corporate use of the territory: Toyota’s topology in the state of São Paulo
Palavras-chave em Inglês
Productive spatial circuit of automobiles
Toyota’s topology
Spatial productivity
Territorial fluidity
Corporate use of the territory
Resumo em Inglês
The advance of capitalism creates conditions for productive specialization of places and a consequent deepening of the territorial division of labor. The productive instances become more geographically dispersed, making circulation as important as the production conditions. Therefore, the expansion of material basis responsible for ensuring territorial fluidity and the construction of a normative density can increase space productivity. In this context, this work discusses the productive spatial circuit of automobiles in Brazil from its formation in the early twentieth century to the enlargement of the circuit area of concentration in the XXI century. In connection with the circuit, it is studied the use of the territory by the Japanese company Toyota, since the conformation of the main points of its current topology coincides with the big plans of the federal government to increase the number of investments related to automotive industry. Thus, it is intended to articulate the opening of automaker plants with the national historical and political background. In the context of Juscelino’s Kubitschek government, it is presented the opening of Toyota’s plant in São Bernardo do Campo; during the 1990s it is studied Indaiatuba unit, which demonstrates the process of internalization of the company; finally, during the 2000s it is demonstrated the insertion of the automaker in the segment of popular cars by the new factory located in Sorocaba. It is considered the process of locational choice of the company and how these areas of interest undergo transformation and are subjected to global orders and logics, completely unrelated to the place.
Arquivos
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome(s) do(s) autor(es) do trabalho.
 
Data de Publicação
2015-09-28
Número de visitas
878
Número de downloads
1572
Copyright © 2010 Biblioteca Digital de Trabalhos Acadêmicos da USP. Todos os direitos reservados.