Trabalho de Graduação Integrado
Documento
Autoria
Unidade da USP
Data de Apresentação
Orientador
Banca
Alfredo, Anselmo (Presidente)
Marques, Marta Inez Medeiros
Pitta, Fábio Teixeira
Título em Português
A mulher trabalhadora do corte de cana da agroindústria moderna: divisões técnicas, espaciais, sociais e sexuais do trabalho
Palavras-chave em Português
Crise do trabalho
Gênero
Trabalhadoras da agroindústria sucroalcooleira
Modernização capitalista critica
Resumo em Português
Com o intuito de contribuir com as discussões de Geografia e Gênero, este estudo se lança a fim de compreender, no que tange à perspectiva feminina, como a contradição modernização capitalista x trabalho (fundamentada no mecanismo de dominação patriarcado-capitalista) age, determinando a construção social e espacial do gênero. Trata-se de um esforço no sentido de desvelar as determinações sociais, sexuais, técnicas e espaciais do trabalho, sob a reprodução critica do capital, para com a mulher, nas esferas do público e do privado. Nesta pesquisa, analisamos as relações de trabalho ocupadas na etapa produtiva da colheita de cana de açúcar, mecanizada e manual, da Agroindústria Sucroalcooleira da macro área de Ribeirão Preto no estado de São Paulo. Partindo da perspectiva de que o universalismo abstrato deste moderno sistema produtor de formas-mercadorias introduz mudanças temporais, territorializações, transformações nas relações de produção e a profunda redefinição das estruturas sociais e econômicas, que promovem marcadas alterações na formação sócio-econômica-espacial. O controle espacial e o controle social possuem um mesmo determinante, a lógica do capital. As formas de trabalho da mulher e de trabalho do homem concorrem para a nova fase de (re)produção do espaço. Inúmeros são os aspectos a serem estudados e problematizados, nesta perspectiva, na organização do trabalho feminino, bem como a forma da inserção e/ou destituição da mão de obra feminina ou ainda o “novo” papel da mulher nesta sociedade do trabalho em crise.
Título em Inglês
The working woman of the cane cut of the modern agribusiness: technical, spatial, social and sexual divisions of the work
Resumo em Inglês
Aiming to contribute to discussions of Geography and Gender, this study seeks to understand, regarding the female perspective, how does the contradiction work x capital (based on the mechanisms of patriarchal-capitalist domination) act, determining or not the social and spatial construction of gender. It is an effort to reveal the social, sexual, technical and spatial determinations of work, under the critical reproduction of capital, regarding women both in public and private spheres. In this research, we analyze labor relations in the productive stage of sugar cane harvesting, mechanized and manual, in the Sugarcane agribusiness Macro region of Ribeirão Preto in São Paulo state. With the perspective that the abstract universalism of the modern system producer of commodity-forms introduces temporal changes, territorializations, changes in production relations and a profound redefinition of social and economic structures, we consider it promotes distinctive alterations in the socio-economicspatial formation. The spatial control and social control are both determined by the logic of capital. The new forms of female and male work concur for a new phase of (re) production of space. There are numerous aspects to be studied and questioned in this perspective of the organization of feminine work, as well as the insertion and / or destitution of the female workforce, or even the "new" role of women in this society of work in crisis.
Arquivos
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome(s) do(s) autor(es) do trabalho.
 
Data de Publicação
2017-08-11
Número de visitas
44
Número de downloads
29
Copyright © 2010 Biblioteca Digital de Trabalhos Acadêmicos da USP. Todos os direitos reservados.