Trabalho de Conclusão de Curso
Documento
Autoria
Unidade da USP
Data de Apresentação
Orientador
Banca
Vian, Carlos Eduardo de Freitas
Terci, Eliana Tadeu
Título em Português
As ideias econômicas do Bispo de Olinda e do Visconde de Cairu para um projeto de reforma do Império Português: as novas relações metrópole-colônia
Palavras-chave em Português
Brasil Colônia
Mercantilismo
Azeredo Coutinho
Visconde de Cairu
Resumo em Português
O propósito desta monografia é analisar o pensamento econômico de José Joaquim da Cunha Azeredo Coutinho (1742-1821), o Bispo de Olinda, expoente do pensamento ilustrado brasileiro, e de José da Silva Lisboa (1756-1835), o Visconde de Cairu, considerado o maior crítico do sistema colonial em Portugal e formulador da política econômica de D. João VI no Brasil. Buscou-se resgatar as principais propostas e influências teórico-filosóficas para a definição de um projeto reformista das relações entre Portugal e Brasil, de modo a rever a política colonial portuguesa e reconstruir a relação econômica e política entre a metrópole e sua colônia americana, conciliando os interesses das classes abastadas da colônia, dos mercadores metropolitanos e da Coroa Portuguesa. Por meio de ampla revisão bibliográfica acerca do período histórico e delimitação dos principais conceitos e teorias, além de investigação das principais obras desses dois autores, publicadas entre 1794 e 1820, a pesquisa buscou identificar as influências que tais autores estudados recebem das principais correntes do pensamento econômico europeu, tais como os mercantilistas, a fisiocracia francesa e o pensamento liberal do século XVIII. A análise do pensamento econômico luso-brasileiro na crise do sistema colonial revelou as ambiguidades de uma fase em transição, na qual argumentos de correntes diferentes coexistiam e refletiam-se, consequentemente, nas propostas dos autores. Para Azeredo Coutinho, a manutenção e até o fortalecimento dos laços coloniais entre Portugal e Brasil passavam necessariamente por medidas que tornassem mais eficientes os ganhos mercantis, o que demandava a revisão das restrições à produção e ao comércio, ao passo que o pensamento do Visconde de Cairu mostra-se bastante compatível com o contexto histórico vivenciado, vislumbrando uma mudança radical na política externa lusa à luz do liberalismo econômico.
Título em Inglês
The economic ideas of the Bishop of Olinda and the Viscount of Cairu for a reformist project of the Portuguese Empire: the new metropolis-colony relations
Palavras-chave em Inglês
Colonial Brazil
Mercantilism
Azeredo Coutinho
Viscount of Cairu
Resumo em Inglês
The purpose of this monograph is to analyze the economic thought of José Joaquim da Cunha Azeredo Coutinho - the Bishop of Olinda – (1742-1821), leader of the Brazilian enlightenment thought, and José da Silva Lisboa – the Viscount of Cairu – (1756-1835), who was considered the most important critic of the colonial system in Portugal and the formulator of the economic policy of King João VI in Brazil. The purpose of this research was to rescue the main proposals and theoretical and philosophical influences for the definition of a reformist project of relations between Portugal and Brazil, in order to review the Portuguese colonial policy and to rebuild the economic and political relations between the Portuguese metropolitan state and its American colony, attempting to reconcile the interests of the wealthy groups of the colony, the metropolitan traders and the Portuguese Crown. The methodological procedure included: investigation of the major works of these two authors of the Brazilian and Portuguese enlightened thought, published between 1794 and 1820, considering the main proposals and theoretical influences to rebuild the relations between Portugal and Brazil. Furthermore, we sought to identify the influences that these two authors received from the dominant trends and authors of the European economic thought, such as the mercantilists, the French physiocracy and the liberal thought of the eighteenth century. The analysis revealed the ambiguities of a period in transition, in which arguments from different influences coexisted and were consequently reflected in both authors' proposals. For Azeredo Coutinho, maintaining and even strengthening the colonial ties between Portugal and Brazil needed measures that would make the most efficient commercial gains, which demanded the review of restrictions on production and trade, whereas the Viscount of Cairu shows itself to be quite compatible with the historical context experienced, defending a radical change in the Portuguese foreign policy considering the economic liberalism.
Arquivos
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome(s) do(s) autor(es) do trabalho.
 
Data de Publicação
2017-07-17
Número de visitas
25
Número de downloads
5
Copyright © 2010 Biblioteca Digital de Trabalhos Acadêmicos da USP. Todos os direitos reservados.