Trabalho de Conclusão de Curso
Documento
Autoria
Unidade da USP
Data de Apresentação
Orientador
Banca
Martines Filho, Joao Gomes (Presidente)
Almeida, Alexandre Nunes de
Montagner, Oto Murer Küll
Título em Português
Diferença de gastos com aluguel entre os estados brasileiros: uma aplicação de preços hedônicos
Palavras-chave em Português
custo de vida
aluguel
preços hedônicos
Resumo em Português
O presente trabalho objetiva estimar o diferencial de custo de vida existente entre as 27 unidades federativas do país a partir da aplicação de um modelo de preços hedônicos. Especificamente, valendo-se de informações disponibilizadas pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios em 2015, regride-se o valor gasto com aluguel contra características físicas (variáveis de controle) e locacionais, para então obter os custos implícitos de residir em cada estado. O modelo estimado explica 59,88% da variação nos preços dos aluguéis. Os resultados obtidos indicam um grande diferencial no custo de vida percebido pela população de cada estado. As regiões mais caras são a Sudeste e Sul, seguidas do Centro-Oeste, Norte e Nordeste. São Paulo apresenta o custo de vida mais elevado, cerca de 0,45% superior ao Distrito Federal, ao passo que o Piauí é o estado mais barato para se viver. Cabe mencionar que os estados do Acre e Amazonas apresentaram custos de vida mais elevados que o esperado, fato que pode ser explicado por fatores logísticos. Os demais valores estão de acordo com a literatura existente. As estimativas aqui apresentadas interessam aos policy makers, empresas e cidadãos.
Título em Inglês
Rental differences between brazilian states: an application of the hedonic theory.
Palavras-chave em Inglês
rent
cost of living
hedonic prices
Resumo em Inglês
This paper aims to create an index able to evaluate the different costs of living among the 27 Brazilian states by using the rent expenses published by PNAD 2015 as a proxy. The method used involves the hedonic approach. In a housing context, considering houses as heterogeneous goods that differ from each other in structure and location, once all the physical attributes are controlled (number of rooms, bathrooms, etc.), it is possible to define the real impact of the geographic location of a house on its rent. The explanatory variables explained 59,88% of the rent expenses. The state of São Paulo has the highest cost of living. It is 0,45% more expensive than DF. The lower cost of living is observed in PI. Moreover, it is important to highlight that the 9 most expensive states are in the Center South region, while the cheapest states are the ones from the North and Northeast regions. The states of AM and AC showed a higher cost than the expected. The other values agree with the existing literature.
Arquivos
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome(s) do(s) autor(es) do trabalho.
 
Data de Publicação
2018-01-10
Número de visitas
134
Número de downloads
50
Copyright © 2010 Biblioteca Digital de Trabalhos Acadêmicos da USP. Todos os direitos reservados.